HafenCity e Speicherstadt

Como é segunda e nenhum museu na alemanha abre nesse dia, resolvi fazer outro passeio a pé. Ainda não tinha ido até as ilhas da Speicherstadt, que ficam na frente do centro. Speicherstadt é um local cheio de armazens, onde todos os navios descarregavam suas cargas. Até hoje vários dos prédios abrigam importadoras e exportadoras, acho que existe alguma lei relacionada ao imposto para armazenar as mercadorias ali, pelo que eu entendi não se paga nada de imposto. Antigamente se estocava café, chá, cacáu, etc.

Começei meu caminho pela HafenCity, ou o que um dia será a HafenCity, por que eu só passei por canteiros de obras! E esses alemães sabem construir, não importa o terreno, as cheias do rio, o frio, etc. Eles conseguem fazer o que eles projetaram e numa velocidade impressionante. Em 10 anos eles querem acabar todo esse bairro novo, com o teatro da filarmônica, uma universidade nova, uma linha de metrô nova e sei lá quantos metros quadrados de área construida. Alguns prédios e praças já estão prontos. Um dos prédios prontos é a sede da SAP de Hamburg.  Não consegui descobrir quem é o arquiteto responsável pelo urbanismo da área, mas as praças e futuras marinas são bem interessantes.

Alguns dos prédios novos são bons, outros nem tanto. O prédio da filarmônica vai ser impressionante, o projeto é do Herzog & de Meuron, mas por enquanto só há as antigas paredes do armazem que havia no local. Para manter as parades no local, eles contruiram uma imensa estrutura de ferro por fora das paredes, demoliram absolutamente tudo o que havia dentro e agora estão construindo um prédio totalmente novo, mas que vai incorporar essas paredes. Dúvido que no Brasil isso daria certo…

Almoçei num restaurante na beira do rio, sentado na janela aproveitando o sol, comi um filé com fritas! Depois continuei minha caminhada, queria passear ainda pela Speicherstadt, que são as duas ilhas entre a HafenCity e o centro da cidade. Antes de chegar nas ilhas, parei na frente de uma gigante máquina, uma escavadeira montada numa plataforma. Para dar uma noção de tamanho, o operador da máquina precisava subir uma escada normal com uns 4 metros de altura para chegar na cabine de controle. A máquina estava escavando o fundo do canal, impressionante de ver ela funcionando.

Na Speicherstadt há diversos prédios, todos possuem um gancho para içar as mercadorias que chegam ou de carro, ou de navio. Só vi mercadorias chegando em carros e containers. E bastante engraçado de ver uma mercadoria sendo içada, apesar que hoje em dia eles usam motores para levantar as cargas, o resto do trabalho continua sendo todo manual e bastante árduo. Os prédios também são bonitos, todos em tijolos vermelhos, com alguns desenhos em preto. Depois dessa grande volta, resolvi que era hora de tomar um café e descongelar um pouco, ainda preciso refazer minha mala, amanhã estarei em Berlin! Ah, já fazem 52 dias que estou desse lado da poça d’água, o tempo passa rápido!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *