Picasso e Praia

Já que estou atrasado nos meus posts, esse vai ser um dois em um. Depois de duas tentativas de visitar o Museu Picasso finalmente conseguimos entrar nele. Chegamos relativamente cedo e a fila estava pequena, mas o museu estava lotado. Muito ruim visitar museus lotados. O que é engraçado é que este (tá e talvez o Museu Miró também) foi o primeiro museu de arte moderna / contemporânea que estava atrolhado de gente.

Para uma pessoa que não gosta muito de Picasso, até que eu curti bastante visistar o museu. É bastante interessante ver toda a obra de uma pessoa reunida e organizada dentro de um museu, dá para entender todas as fases que o artista teve, e como a história mudou o seu trabalho e vice-versa.

No final deste dia fomos visitar a catedral de barcelona, que depois das 17h abre de graça para o público. Encontramos com a Mária e com a Carol, namorada do amigo da Mária que por acaso também é prima de uma amiga da Lu. Sim, small world! A catedral de barcelona é muito bonita por dentro, mas foi bastante complicado tirar fotos dentro dela, pois eu não tinha um tripé e a igreja toda era muito escura. De lá fomos para a Champanheria, um lugar clássico em Barcelona, onde se toma champanhe a 4.95 euros a garrafa mais cara, mas sempre que se pede uma Cava (eles chamam assim aqui) tens que pedir algo para comer. Mas como eu não sou fino e não gosto de champanhe, só bebi meia taça para provar e até que era boa para o preço! A Lu estava se sentido meio griapada e voltamos para o hostel, ela realmente estava gripada com mais de 38°C de febre.

Como eu disse inicialmente, este é um post dois em um, então vamos para o dia seguinte. Como a lu estava bem gripada, dormimos até mais tarde e deixei ela no hostel para fazer turismo. Queria ver a praia, as torres gêmeas e o peixe o Frank Gehry.

Fiz um trajeto a pé pro lado que ainda não tinha andado do hostel. Foi uma caminhada curta, e o dia estava tentando ficar bonito. Cheguei primeiro na praia, que pasmem, tinha várias pessoas! Obviamente ninguém estava dentro do mar, mas jogando bola,  volei, frisbee, etc. Desta praia dá para avistar o peixe do Frank Gehry, que não é nada demais, apenas uma grande escultura de cobre. Ao fundo do peixe estão as torres gêmeas, não sei por que chama elas de gêmeas pois tirando a altura, elas são bem diferentes tem termos de fachadas. Comi o meu almoço mais barato, só comprei uma coca-cola e usei meus dois vales do McDonnald’s, um Big-Mac e um Cheeseburger.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *